Condicionamento para a marca: Rede Globesta faz propaganda orwelliana do microchip RFID

01/11/2010 02:13

mais você- queverdadeeessa

De uma forma bem discontraída a apresentadora Ana Maria Braga fala sobre o CHIP MONDEX (tecnologia RFID).

Você poderá estar sendo monitorado em qualquer lugar, em qualquer instante, em qualquer momento e nem se quer saber o que está acontecendo.

Comprar, vender, ser monitorado… Com várias propostas e somente benefícios, é dessa forma que eles nos apresentam a futura “MARCA DA BESTA”?

AGORA UM POUCO SOBRE A TECNOLOGIA RFID:Implantes de chips RFID usados em animais agora estão sendo usados em humanos também. Uma experiência feita com implantes de RFID foi conduzida pelo professor britânico de cibernética Kevin Warwick, que implantou um chip no seu braço em 1998. A empresa Applied Digital Solutions propôs seus chips "formato único para debaixo da pele" como uma solução para identificar fraude, segurança em acesso a determinados locais, computadores, banco de dados de medicamento, iniciativas anti-sequestro, entre outros. Combinado com sensores para monitorizar as funções do corpo, o dispositivo Digital Angel poderia monitorizar pacientes. O Baja Beach Club, uma casa noturna em Barcelona e em Roterdã usa chips implantados em alguns dos seus frequentadores para identificar os VIPs.

Em 2004 um escritório de uma firma mexicana implantou 18 chips em alguns de seus funcionários para controlar o acesso a sala de banco de dados.

Recentemente, a Applied Digital Solutions anunciou o VeriPay, chip com o mesmo propósito do Speedpass, com a diferença de que ele é implantado sob a pele. Nesse caso, quando alguém for a uma caixa electrónica, bastará fornecer sua senha bancária e um scanner varrerá seu corpo para captar os sinais de RD que transmitem os dados de seu cartão de crédito.

Especialistas em segurança estão alertando contra o uso de RFID para autenticação de pessoas devido ao risco de roubo de identidade. Seria possível, por exemplo, alguém roubar a identidade de uma pessoa em tempo real. Devido a alto custo, seria praticamente impossível se proteger contra esses ataques, pois seriam necessários protocolos muito complexos para saber a distância do chip. 

Apocalipse 13:16,17 “A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome.”

Fonte: http://www.queverdadeeessa.com/2010/10/ana-maria-braga-fala-sobre-o-chip.html