Eles ainda insistem! Mais um vazamento de óleo: Agora no Rio de Janeiro

10/08/2010 00:10

A lista aumenta. Após o Golfo do México, China, Amazônia e Michigan, agora as praias do Rio de Janeiro são vítimas de vazamento de óleo. Você pode achar que sou paranóico, mas é melhor ser paranóico, do que ser mais um ruminante alienado. Então, creio que estes sucessivos acontecimentos não são meras "coincidências", ou seja, eles fazem parte da agenda de destruição Illuminati.  A cada dia, as coisas pioram mais. 

Veja a notícia:

Pelo menos cinco praias de Arraial do Cabo e de Cabo Frio foram afetadas. Nem a Marinha, nem a Petrobras sabem a origem da mancha de óleo.

Praias do litoral do Rio de Janeiro foram atingidas por uma mancha de óleo neste domingo (8). Nem a Marinha, nem a Petrobras sabem a origem do vazamento.

O óleo apareceu misteriosamente e deixou banhistas intrigados – e sujos – e pode ter sido a causa da morte de pinguins.

"Eu estou até meio preocupado, porque nem está refinado isto aqui, veio de algum petrolífero. Tem óleo vazando em algum lugar com certeza", afirmou o turista Michel Rodrigues.

Pelo menos cinco praias de Arraial do Cabo e de Cabo Frio, na Região dos Lagos, foram afetadas pela mancha.

Por ser um material mais denso, o óleo não pode ser visto sobre a água. Mas placas se espalharam pela faixa de areia, sujando os banhistas.

"Eu sentei aqui para comer, fiquei com o pé todo sujo, o pé da minha filha, a minha barriga. E eu não encostei em nada. E não sai de jeito nenhum, passei a mão várias vezes", disse o banhista Pedro Paulo Damasceno.

Em Cabo Frio, uma das praias afetadas foi a do Peró. Pescadores encontraram cinco pinguins mortos. "Eu estou achando que foi por causa desse óleo que os pinguins morreram também", disse o pescador Samuel Almeida.O comerciante Paulo Roberto Silva juntou o que pode dentro de sacos plásticos. Mas nem todo o esforço impediu que alguns turistas voltassem mais cedo para casa. "Muita gente foi embora, chegou cedo aqui e a praia estava lotada com esse asfalto, piche", lamentou Paulo Roberto.

A região é considerada a capital do mergulho e um dos destinos turísticos mais famosos do litoral fluminense. O medo é que o óleo acabe arranhando a imagem da cidade.

A Petrobras diz que não tem qualquer relação com o a mancha de óleo. A assessoria da empresa informou que a Marinha pediu ajuda para conter o óleo, mas ainda não sabe de onde partiu o vazamento. A Capitania dos Portos recolheu amostras que serão enviadas para análise. 

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2010/08/vazamento-de-oleo-atinge-praias-do-litoral-do-rio.html