Goldman Sachs: Eles sabiam que o vazamento no Golfo do México iria ocorrer

05/06/2010 18:12

Desde sempre, é a mesma coisa.

Para que a Grande Depressão ocorresse conforme o plano dos elitistas, J.P. Morgan, o pior dos banqueiros, criou um boato, retirou-se sorrateiramente do mercado, e a bomba explodiu.

Já em tempos modernos, o Goldman Sachs foi acusado (e com razão) de ser o maior responsável pela crise imobiliária (subprime), ocorrida em 2008/09.

Agora, vem a notícia de que o Goldman Sachs vendeu mais de 40% de suas ações da British Petroleum, três semanas antes que houvesse a explosão da plataforma, e o consequente desastre ambiental que estamos presenciando no Golfo do México.

Vejam a info abaixo: 

Goldman Sachs BP Goldman Sachs: Eles sabiam que o vazamento no Golfo do México iria ocorrer

A tabela original pode ser visualizada aqui.

Qual a razão do Goldman Sachs vender quase metade de suas ações de uma empresa lucrativa como a BP? E ainda mais há apenas três semanas do desastre ocorrer? É óbvio que eles sabiam muito bem o que estava por vir, e fizeram uma “retirada estratégica” para minimizarem seus prejuízos com a desvalorização das ações da BP, o que ocorreu imediatamente após ter iniciado o vazamento de petróleo no Golfo do México.

É assim que a coisa funciona para eles. Primeiro, criam uma crise (ou a agravam). Depois, pedem dinheiro ao governo, que pega o dinheiro da população e repassa aos banksters. Com seus bolsos mais cheios, elaboram uma “nova estratégia” onde possam faturar mais e mais e mais.

Tomara que tenham uma indigestão depois de “paparem” tanto dinheiro alheio.

Fonte: http://www.ecocidio.com.br/