Mais do mega sacrifício de 11/9: Novos vídeos mostram acobertamento

29/10/2010 02:11

Mais uma vez Alex Jones, do site Infowars, usou de uma inteligente tática de marketing para dar exposição internacional a um intrigante vídeo que acrescenta ainda mais perguntas aos eventos de 11 de setembro.
Pedindo para os seus ouvintes procurarem no google por "9/11 coverup", Alex Jonesconseguiu com que este termo de pesquisa aparece no topo do google trends, que mostra os termos mais pesquisados no google.
A ação inicia após o colapso da Torre Sul e antes do colapso da Torre Norte. O filme mostra a equipe de filmagem saindo de um edifício e andando ao longo das ruas cobertas de poeira e de poeira e do processo de construção e fazer o seu caminho ao longo da poeira e detritos.

Mawn com o então Prefeito de Nova York Rudolph Guliani

Mawn com o então Prefeito de
Nova York Rudolph Guliani

Por volta dos 2 minutos e 50 segundos do vídeo um homem de terno se aproxima do grupo e se anuncia como "Barry Mawn, FBI".
Mawn (foto ao lado com Rudy Giuliani) foi na época o diretor do escritório do FBI em Nova York.
Mawn então pergunta aos bombeiros : "Aquela torre levou um outro golpe?"
Os bombeiros respondem dizendo que não tem certeza, mas que ouviram um estrondo e correram para salvar as suas vidas quando a torre caiu em seguida.
O áudio é difícil de ouvir, mas um dos bombeiros, em seguida, diz que ele "viu explodir para fora a direita do edifício", ao que Mawn pergunta "aquilo era o avião, correto?".
O bombeiro, então afirma: "Eu não sei se era um avião ou uma explosão."
Enquanto eles continuam a sua descrição dos acontecimentos o barulho de um jato os interrompe pois as pessoas começam a entrar em pânico. Alguém, provavelmente um outro agente do FBI grita: "isto é nosso?" para o que Mawn responde "Sim, isto deve ser nosso".
Neste ponto, um grupo de indivíduos em ternos andam na frente da câmera e uma mulher no grupo grita "vão para a prefeitura."
Mawn então pergunta "onde está o prefeito?", A partir da qual pode deduzir-se que este grupo é afiliado com Rudy Giuliani e estão deixando o local às pressas.
A mulher liderando o grupo do prefeito em seguida chinga os repórteres dizendo "Saiam daqui porra!".
Este é apenas um dos filmes que foram recentemente divulgados através de um processos FOIA (Ato da Liberdade da Informação), que trazem luz aos eventos de 11 de setembro.

Veja o vídeo abaixo: 

O vídeo é uma fascinante prova a ser adicionada às centenas de outros relatos e descrições de explosões secundárias dentro e em torno dos edifícios do WTC em 11 de setembro. Isto indica claramente que o FBI acreditava em um ataque secundário, além do uso de aviões no ar, que deveriam estar proibidos naquele momento.
Na verdade, este vídeo sustenta as evidências anteriores que a premissa inicial do FBI de foi que os caminhões carregados com explosivos teriam ajudado no colapso das torres gêmeas.
Edifício WCT 7
Em alguns dos filmes pode ser ouvido uma explosão e mostram então o edifício 7 tendo seu topo destruido, antes de desabar em queda livre.

Este outro vídeo teve cortada a parte em que o topo da torre cai :

O relatório final do NIST sobre o WTC 7 concluiu um nunca antes observado "novo fenômeno" de "expansão térmica" era o culpado pela destruição do prédio, uma conclusão totalmente absurda em um relatório que ignorou completamente o depoimento de testemunhas e provas concretas que indicava a demolição deliberada da estrutura.
Outra controvérsia é que vários canais de TV reportaram a queda do WCT 7 26 minutos antes deste cair. Veja nos vídeos abaixo:

Arquiteto de Ataques terroristas Jantou no Pentágono
O mentor de ataques terroristas da Al-Qaeda Anwar Al-Awlaki, o homem que ajudou a planejar o atentado sem sucesso do dia de Natal (bomba-cueca), dos tiros em Fort Hood, o do atentado Times Square, e que também pregou aos terroristas de 11 de setembro, jantou no Pentágono poucos meses depois dos atentados, o que mostra documentos obtidos pela Fox News mostram.
"O Pentágono não ofereceu nenhuma explicação de como um homem, que agora éprocurado vivo ou morto pela CIA, acabou em um almoço especial para divulgação da cultura muçulmana", afirma o relatório da Fox News.
A explicação é muito simples - Awlaki é o manipulador-chefe de bodes expiatórios daCIA, para o planejamento e preparação de ataques terroristas de falsa bandeira, através de patetas que ele radicaliza.

Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2010/10/video-novo-video-do-11-de-setembro.html