Mulher portadora de anemia rara morre após tomar vacina da gripe A

03/05/2010 01:19

JOÃO PESSOA – Uma mulher portadora de anemia falciforme, doença hereditária que causa a má-formação das hemácias, morreu em João Pessoa após receber imunização contra gripe. A Secretaria de Saúde da Paraíba vai investigar a morte da jovem de 20 anos, ocorrida nesta terça-feira no Hospital Edson Ramalho. Michele Santos estava internada desde a última sexta-feira, após ser imunizada contra o vírus da gripe H1N1. O relatório hospitalar sobre o caso deve ser apresentado nesta quarta-feira.

Segundo o diretor técnico do hospital, coronel Fernando Florêncio, a jovem sabia que era portadora de anemia falciforme e já havia sido internada no hospital em outras ocasiões. Na última sexta-feira, horas após tomar a vacina em um posto de saúde no Cristo Redentor, a garota teria apresentado fortes dores na região abdominal. Levada às pressas para o hospital, a jovem chegou a ficar internada na Unidade de Tratamento Intensivo.

- A doença evoluiu rapidamente e, infelizmente, a jovem veio a óbito – disse o diretor.

Segundo as primeiras informações levantadas pela equipe clínica, a causa da morte não seria a vacina, mas complicações devido à anemia.

- Esta é uma possibilidade a ser discutida com o corpo clínico, mas não é a hipótese com a qual trabalhamos – afirmou o coronel Florêncio.

A diretora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do Município, Júlia Vaz, negou que a morte estaria relacionada à vacina.

- A causa da morte foi septicemia (infecção generalizada).

Fonte: http://stopvacina.wordpress.com/

http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2010/04/28/mulher-portadora-de-anemia-rara-morre-em-joao-pessoa-apos-tomar-vacina-contra-gripe-916448720.asp