Neste exato momento, um computador está lendo toda a internet para "aprender inglês"

19/10/2010 00:24

“…O computador se chama NELL, sigla para o sistema Never-Ending Language Learning, e é o carro-chefe de um projeto envolvendo pesquisadores da Carnegie Mellon, supercomputadores do Yahoo! e doações do Google e da DARPA. O objetivo do projeto é difícil, mas importante: criar uma máquina que consiga descobrir as sutilezas de uma língua por si próprio, sem nenhum tipo de ajuda. É o que explica Tom Mitchell, presidente do projeto: “nós ainda não conseguimos criar um computador que aprenda como os humanos aprendem, acumulando informações a longo prazo”. O NELL será o primeiro a fazer isso…”

Comentário:

Aprender inglês? Que mentira! O computador Nell (sigla para aprendizado infinito de idioma) preenche vários requisitos para ordem mundial illuminati e de Baha’u’llah.

A ordem mundial illuminati  está bem representada pelo DARPA que tem como missão manter a superioridade tecnológica das forças militares dos EUA, evitando surpresas dos rivais ( especialmente a Rússia).  Uma geração de robôs pensantes (bem no estilo o exterminador do futuro) é uma ótima idéia para o sistema babilônico  matar a população sem questionar .

Outro objetivo do Nell é retornar respostas e não links como o google faz quando digitamos no campo de busca. Essa é melhor forma de retirar todos os sites da internet que denunciam o sistema de governo global; e isso sem censura.

Na foto da matéria  temos uma cena do filme Guerra nas Estrelas. Esse clássico de George Lucas nos dá o perfil do Anticristo, jovem meio loiro e usa a força (o poder cósmico) para subir ao poder destruindo o império com o uso de tecnologia, representada aqui pelo robô.

Quando o sistema babilônico americano terminar os seus projetos, basta o  executivo mundial de Baha’u’llah (Anticristo e seus nove mestres eleitos)  roubarem os planos e prometer uma falsa paz usando os mesmos mecanismos criados.

E assim, temos um novo  projeto concorrendo para entrar no arco de Baha’u’llah(símbolo do apocalipse 4) , mais especificamente na Biblioteca Bahá’i, onde toda as informações da humanidade serão arquivadas em um super computador. Não é por acaso que a Intel tem uma fábrica em Haifa

Fonte: http://apocalipsetotal.wordpress.com/