Nova ordem mundial em marcha: Truques e tratados da ONU

26/10/2010 00:39

Halloween - planeta terra

As Nações Unidas têm iludido o mundo em tratados voluntário destinado a tornarem-se obrigatórios mais tarde, enganando políticos e o público em geral. Os tratados podem ser vagos e abertos a interpretações ao longo do tempo, usando uma tática conhecida como "incrementalismo". Estes tratados afetam muitos ramos do governo. Os tratados são projetados para desindustrializar e economicamente destruir as nações, restringir os recursos energéticos (em especial para a eletricidade e transportes) e aplicar os regimes de tributação com base na ciência manipulada da ONU.
Fraudes do Mal
O projeto Agenda 21 de Desenvolvimento Sustentável foi lançado na ECO-92 (também conhecida como Rio-92, Cúpula ou Cimeira da Terra ou Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD)). Não é um tratado, mas usa tratados como uma ferramenta para implementar seu plano de ação para o despovoamento e controle total. Michael Shaw descreveu a Agenda 21 como a cabeça de um monstro cujos tentáculos se infiltraram em todos os níveis de governo, atingindo quase todas as áreas de nossa vida, e ele diz que se você tirar a cabeça do monstro (Agenda 21), os seus tentáculos irão murchar .
ONU evita usar a palavra 'tratado'. A maioria das pessoas entende que os tratados erodem a soberania e o poder nacional. Tratados voluntários podem ser usados para "colocar o pé na porta", a fim de atropelar a soberania mais tarde através de normas imperativas.
Convenções, protocolos, pactos, convênios e acordos podem assumir a forma de um tratado, que poderão ser instrumentos jurídicos obrigatórios internacionais ou pode tornar-se obrigatório depois, quando as negociações forem concluídas.
Uma Iniciativa é um tipo de referendo, no qual uma proposta é colocada nas urnas por meio de petição.
Uma Declaração não tem qualquer poder legal para impor a conformidade, mas depende do peso moral que ela carrega.
UNFCCC: Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima é um tratado voluntário ratificado por vários países em 1992, na sequência da Cúpula da Terra, onde nenhum limite foi estabelecido para os gases de efeito estufa (GEE), mas o tratado previa atualizações (protocolos) para estabelecer limites obrigatórios.
O Protocolo de Quioto é uma alteração do UNFCCC, que é juridicamente vinculativo, mas os EUA nunca ratificou o tratado. O Protocolo de Kyoto expira em 2012, daí o impulso para ratificá-lo, ou criar um tratado semelhante, como o Tratado de Copenhague.

Políticas Públicas Assustadoras
De acordo com o artigo de Richard Courtney (de Maio 1999), o verdadeiro perigo doaquecimento global é a resposta extrema que os políticos tiveram para o imaginário aquecimento global . Courtney diz que a teoria do aquecimento global foi desenvolvida durante a Revolução Industrial em 1880, mas manteve-se relativamente obscura até 1979, quando Margaret Thatcher tornou-se a primeira-ministra do Reino Unido.
O artigo de Courtney explica que Thatcher desejava respeito e seguiu o conselho de Sir Crispin Tickell, defensor de políticas de despovoamento e embaixador do Reino Unido nas Nações Unidas. Ele ressaltou que ela poderia ganhar credibilidade internacional se ela promovesse a farsa do aquecimento global, porque a maioria dos políticos são cientificamente analfabetos (Thatcher detém uma licenciatura em química). Os benefícios para a Administração de Thatcher com as políticas de aquecimento global foram:
• O medo do aquecimento global foi usado para enfraquecer o poder dos EUA, se todos os outros países aprovaram impostos de carbono e reduções industrial eles poderiam pressionar e ganhar vantagem sobre os EUA.
• Thatcher pertencia ao Partido Conservador, que tinha uma rixa contra a União Nacional dos Mineiros, os quais eram acusados pela derrota do Partido previamente. Portanto, o aquecimento global forneceu uma desculpa para fechar as minas de carvão e eliminar o poder político dos mineiros.
• A energia nuclear não emite dióxido de carbono (CO2) e, muitas usinas de carvão foram substituídas por centrais nucleares. A energia nuclear, que apresenta seus próprios riscos, era 4 vezes mais cara que a electricidade do carvão.
• As novas centrais nucleares eram necessários para produzir armas nucleares.
• Thatcher, fundou o Centro Hadley para Pesquisa e Previsão Climática, a agência operacional do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima). Hadley está localizado na Universidade de East Anglia, o ponto focal do escândalo do "Climategate.

Retorno do Zumbi do Aquecimento Global - EPA 
As políticas de aquecimento global da ONU se recusam a morrer porque a EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos ) as impõe e apoia a "ciência" do IPCC da ONU. A EPA criou o primeiro sistema de Comércio de emissões para chuva ácida, expandindo o Clean Air Act (Ato do Ar Limp) em 1990, que gera bilhões por ano em impostos por um problema que não é sério e este é mesmo modelo para a tributação do carbono.
A EPA, através da Lei do Ar Limpo e uma ampla decisão do Supremo Tribunal de Justiça de 2007, tem autoridade sobre a poluição do ar, que põe em perigo a saúde pública. Em 2009, a EPA anunciou o "perigo" do CO2 que determinou que o CO2 ameaça a saúde pública! Portanto, a EPA parece ter a autoridade para regular o inofensivo CO2 e outros gases de efeito estufa. A EPA tem um documento de 18.000 páginas com os novos regulamentos que inclui um sistema de comercio de carbono, que é o plano reserva já que as propostas de leis de comércio de carbono nos EUA falharam.
A EPA e outras agências federais que receberam dinheiro do contribuinte financiados com 787.000 milhões dólares do Plano de Recuperação dos EUA (Recovery Act), um programa de estímulo para políticas verdes inúteis. Mais de US $ 7 bilhões de dólares foram entregues à EPA diretamente, o montante total para todas as agências buscando restrições à eletricidade e transporte, em nome do ambiente, não é conhecido.

DOE
O Departamento de Energia (DOE) recebeu mais de 30 bilhões de dólares do Plano de Recuperação. O DOE está gastando esse dinheiro para perpetuar as más políticas da ONU, que incluem:
- Eficiência Energética, isso abre o caminho para o licenciamento de sua casa para a eficiência energética (HR 2454).
- Modernização do Sistema Elétrico, este programa institui o "Smart Grid", programa que monitora seu uso de energia: quanto é utilizado, quando ele é usado, e pode até mesmo controlar alguns aparelhos. Algumas pessoas temem que o governo vai usar a grade para controlar remotamente o uso de energia pessoal.
- Captura e Armazenamento de Carbono, este programa é um desperdício enorme de dinheiro, porque o carbono é inofensivo e, mesmo se houvesse 500% a mais de dióxido de carbono no ambiente, seria um benefício para a agricultura e não prejudicaria o ambiente, os animais e os seres humanos.
- Transporte: Obama tem orgulho deste programa, e vangloriou-se sobre a criação de empregos em uma fábrica de baterias em Michigan, mas 548 milhões dólares foram gastos para criar 309 postos de trabalho (que é 1,4 milhão de dólares por posto de trabalho).
-Energias Renováveis: este programa centra-se sobre os biocombustíveis, energia eólica e solar. Os cultivos para biocombustíveis reduziram a produção de alimentos. Energia eólica e solar são ineficientes. É claro que a maconha industrial, uma planta que é uma fonte de combustível, alimentos, papel e substituição de plástico, não é mencionado, nem vai receber financiamento porque ameaça os monopólios demais e é ilegal.

Vampiros Econômicos
A centralização do poder concebido para despovoar e controlar as pessoas é financiada pelo povo. As políticas são inventados em think-tanks afiliados às Nações Unidas, como o Clube de Roma, famosa por esta citação:
"Em busca de um novo inimigo para nos unir, nós viemos com a idéia de que a poluição, a ameaça do aquecimento global, escassez de água, a fome e afins seriam perfeitos.... Todos estes perigos são provocados por intervenção humana, e é só através de mudanças de atitudes e comportamentos que podem ser superadas. O inimigo real, então, é a própria humanidade."
As políticas são, então, apoiado pela "ciência" da ONU, que provou ser manipulada, se não totalmente fraudulenta. Com base na imprecisa ciência da ONU, as nações financiam esses programas e implementam as políticas. Os contribuintes pagam aos governos, então somos nós mesmos que estamos pagando para a nosso próprio fim!
As ONGs (Organizações Não Governamentais) estão profundamente enraizados na promoção de propaganda para a execução desses programas e mais de 2400 representantes de ONGs foram a Cúpula da Terra em 1992, e mais de 17.000 participaram do fórum paralelo.
Aqui está uma lista das fundações que financiam a propaganda do aquecimento global e os programas:

Fundações que financiam propaganda do aquecimento global

Fundações que financiam propaganda do aquecimento global
http://www.morphcity.com/images/stories/6a00e0099631d088330120a7508840970b-500pi.jpg

Desindustrialização pela limitação da electricidade e dos transportes é a principal meta da Agenda 21 e as próprias pessoas estão financiando. Portanto, as pessoas e um verdadeiro mercado livre devem decidir o rumo do futuro. Os combustíveis fósseis poluem, mas os reduzindo severamente seria um retrocesso a uma existência pré-industrial. A energia nuclear tem riscos graves. As energias renováveis não vão sustentar uma sociedade industrializada.

Despertar do pesadelo
Escuridão é destruída pela luz. Expor as sombrias intenções da Agenda 21 é o primeiro passo crítico. A ação é essencial. A maneira mais eficaz para se livrar da Agenda 21 é educar os funcionários do governo local sua cidade, que têm muito mais poder do que a maioria das pessoas imagina.
---------------------------
Fiz uma rápida pesquisa e me parece que o Brasil está bem avançado no tocante ao mercado de emissão de carbonos. Estou fazendo uma pesquisa mais aprofundada, além de contactar algumas pessoas com mais conhecimento no assunto. Espero estar postando em breve um resumo sobre como o Brasil se deixou enganar pela farsa da sustentabilidade para criar uma mercado de emissões de carbono (cap-and-trade), um mercado fictício baseado em teorias e pseudo-ciências.

Vou compartilhar com vocês alguns links que gostaria de ler com mais tempo:
http://www.cosif.com.br/ : Créditos de carbono
Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Carbono (ABEMC) 
Site Governamental: ORGANIZAÇÃO DO MERCADO DE CARBONO NO BRASIL (MBRE)

Nota: O título "Truques e tratados" (tricks and treaties) é um jogo de palavras com a expressão "trick or treat", ou "Doce ou Travessura" na tradução para o português. Esta é uma expressão utilizada pelas crianças durante o "Halloween" (Dia das Bruxas) ao irem de casa em casa pedirem por doces e balas. Por isto da imagem inicial ser uma abóbora iluminada por dentro, um outro símbolo do Halloween. 

Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2010/10/truques-e-tratados-da-onu.html