Preparação para falsos terrorismos? França prende 11 suspeitos, ministro diz que existe ameaça à Europa

06/10/2010 00:25

A polícia antiterrorismo da França anunciou na manhã desta terça-feira a prisão de ao menos 11 suspeitos de elos com grupos militantes islâmicos. Três deles são afegãos e teriam ligação com a Al Qaeda.

O número de suspeitos ainda pode aumentar. Segundo as agências de notícias Associated Press e Efe, os detidos já são 12.

“Sim, há uma ameaça terrorista no momento na Europa. E ela não deve ser nem superestimada nem subestimada”, disse o ministro do Interior francês, Brice Hortefeux.

Uma das operações teve como foco uma rede que supostamente criaria documentos falsos para militantes islâmicos retornando do Afeganistão. Nesta frente, dois afegãos foram presos na cidade de Marselha e um terceiro em Bordeaux. 

Laurent Cipriani/AP

Soldados patrulham catedral de Notre Dame, em Paris; França reagiu a alertas com a prisão de 11 suspeitos

Soldados patrulham catedral de Notre Dame, em Paris; França reagiu a alertas com a prisão de 11 suspeitos

De acordo com a polícia antiterrorismo francesa, os três estariam conectados a um homem detido no começo de setembro em Nápoles, na Itália, suspeito de manter operações com a Al Qaeda.

Numa segunda operação, oito pessoas foram detidas por suposto envolvimento em tráfico de armas e explosivos, também na região de Marselha, informou o governo.

As operações do governo francês chegam dias após os EUA, o Canadá e o Japão terem emitido alertas aos seus cidadãos para que evitem viagens à Europa pela ameaça de terrorismo.

ALERTA

Ainda no domingo (3), os EUA e o Reino Unido alertaram seus cidadãos sobre um crescente risco de ataques terroristas na Europa, com Washington dizendo que a rede terrorista Al Qaeda pode mirar a infraestrutura de transportes.

O Departamento de Estado dos EUA divulgou um comunicado aos cidadãos americanos viajando para a Europa, sem especificar nenhum país.

Já o Reino Unido elevou o nível de ameaça terrorista de “geral” para “alto” para seus cidadãos viajando para Alemanha e França.

Thomas Coex/AFP

Após alertas de terrorismo de EUA e Reino Unido, França elevou patrulha em torno de principais pontos turísticos

Após alertas de terrorismo de EUA e Reino Unido, França elevou patrulha em torno de principais pontos turísticos

Ontem, foi a vez do Japão emitir um alerta.

A Europa não costuma aparecer entre os lugares mais preocupantes, embora esta situação possa mudar após as agências de inteligência ocidentais detectarem um suposto complô da Al Qaeda para realizar ataques contra cidades do Reino Unido, Alemanha e França.

EUROPA EM ALERTA

A Europa não costuma aparecer entre os lugares mais preocupantes, embora esta situação possa mudar após as agências de inteligência ocidentais detectarem um suposto complô da Al Qaeda para realizar ataques contra cidades do Reino Unido, Alemanha e França.

Segundo a mídia europeia informou recentemente, os jihadistas planejam sequestrar civis ocidentais e assassiná-los em ataques similares aos que realizaram contra dois hotéis na cidade indiana de Mumbai em 2008.

As agências ocidentais acham que o plano deixou de ser uma simples ideia e passou para fase de preparação, embora não se saiba quais são exatamente os alvos, apesar de acreditarem que sejam prédios muito conhecidos.

Os últimos ataques militantes em larga escala bem-sucedidos na Europa foram os ataques a bomba contra o sistema de transporte de Londres, em julho de 2005, que mataram 52 pessoas. Homens-bomba mataram 191 pessoas em trens em Madri em março de 2004. 

Fonte: http://paisdaelitenews.wordpress.com/2010/10/05/preparando-o-mundo-para-um-novo-false-flag-franca-prende-11-suspeitos-de-terrorismo-ministro-diz-que-existe-ameaca-a-europa/