Rio de Janeiro: Teste para uma nova era orwelliana? Biometria identifica moradores do Morro do Alemão

03/12/2010 00:21

Estado Policial repressivo e totalitário. Não preciso mais comentar, não é? Estamos sem saída neste mundo... Só quero ver quem serão os denominados "problemáticos" em um futuro próximo. Apenas traficantes? Bandidos? Ou também eu e você que se desencantaram com este mundo? Vamos vigiar, pois brevemente, será crime apenas portar uma Bíblia! E o Rio de Janeiro é o embrião disto tudo... Exagero? Pois bem, sente e espere pra ver! Só falta implantar microchips nos cariocas... Leia a notícia e tire suas conclusões.

RIO DE JANEIRO – O Detran do Rio de Janeiro acaba de disponibilizar para o comando das operações policiais no Complexo do Alemão um equipamento que identifica, em poucos minutos, se a pessoa tem algum problema com a Justiça ou com a polícia.

Um dos carros do departamento de trânsito, conectado ao seu banco de dados e ao Portal de Segurança, possibilita a imediata verificação da situação do detido, pelo nome ou por meio da impressão digital.

O Detran também cedeu veículos equipados com câmeras que leem placas de carros para saber se eles são roubados ou se as placas são falsificadas. O mesmo sistema tem capacidade de averiguar a condição da Carteira Nacional de Habilitação vinculada a cada carro analisado, sem que haja necessidade de parar o motorista, pois a inspeção é feita com o veículo em movimento.

A biometria é o uso de características biológicas aplicadas em tecnologias de identificação pessoal. Entre outros, ela pode ser feita por meio da iris, retina, impressão digital, voz, formato do rosto e geometria da mão. 

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/ti/sistema-identifica-moradores-no-alemao-02122010-11.shl