Viagem do Papa para a Inglaterra tem como objetivo criar uma parceria na governança global

15/09/2010 00:16

Elizabeth II as reptilian

A preocupação do Papa (o falso profeta) e da família real britânica (os descendentes do executivo mundial) com a implantação do suposto bem estar dos povos, mostra como ambos estão preocupados com a governança global e a aplicação dos princípios de Baha’u’llah e a sua nova Jerusalém.

Resumo da notícia:

Visita papal marcará relação entre monarquia, Igreja e papado

Segundo o presidente da Conferência Episcopal da Inglaterra e Gales

A visita do Papa ao Reino Unido, de 16 a 19 de setembro, “marca uma nova fase na longa e complexa história das relações entre os monarcas desta terra e o papado”, afirmou o presidente da Conferência Episcopal da Inglaterra e Gales e arcebispo de Westminster, Dom Vincent Nichols, em um artigo publicado na edição de hoje do L’Osservatore Romano.

Na opinião do prelado, a visita do Papa ao Reino Unido “é, sem dúvida, um evento histórico. O convite ao Papa foi feito pela rainha Isabel II e será precisamente ela quem o receberá em sua chegada, no dia 16 de setembro, em Edimburgo”, recorda.

Segundo Dom Nichols, “o Pontífice e a rainha compartilham algumas profundas preocupações: o bem-estar dos povos do mundo, o papel do ensino e dos valores cristãos, a importância de ter instituições estáveis em benefício da sociedade”. 

Fontes: http://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/09/14/viajem-do-papa-para-a-inglaterra-tem-como-objetivo-criar-uma-parceria-na-governanca-global/ e http://www.zenit.org/article-25788?l=portuguese